Meu Deus

Piloto australiano dorme em pleno voo por 40 minutos

O trajeto do piloto deveria ir de Cairns até Redcliff (Foto: Reprodução) O trajeto do piloto deveria ir de Cairns até Redcliff (Foto: Reprodução)

Um piloto de avião australiano dormiu em pleno voo por cerca de 40 minutos, ultrapassando seu destino por mais de 100 quilômetros. O episódio aconteceu em julho do ano passado e foi divulgado essa semana após uma investigação das autoridades australianas, segundo o jornal Brisbane Times.

O avião iria da cidade de Cairns até Redcliff, uma viagem de cerca de duas horas

Quando perceberam o desvio do piloto, que seguia em linha reta rumo ao oceano, deixando seu destino para trás, o controle de tráfego aéreo tentou contato inúmeras vezes sem obter sucesso. Eles, então, avisaram aos demais pilotos no céu para tentarem alertar o piloto adormecido. Uma aeronave militar chegou a ser enviada ao encalço do avião para interceptá-lo.

Depois de 40 minutos, o contato foi reestabelecido com o piloto. Segundo depoimento dos agentes de tráfego, o homem soava 'grogue'. Ele foi orientado a pousar no aeroporto de Gold Coast.

De acordo com as autoridades australianas, a fatiga do piloto, ocasionada por poucas horas de sono no dia anterior, e uma moderada hipóxia (falta de oxigênio nos tecidos). Essa última teria sido causada por ele estar voando alto demais e estar sendo suprido de oxigênio de forma intermitente.

Comentários